A importância da organização do espaço

  • 07/01/2019
  • comentário(s)

A organização do espaço em que a pessoa fica algumas horas por dia às vezes é algo que fica em segundo plano para alguns jovens. Se alguma coisa está desarrumada, é deixada no mesmo lugar, pois “pra quê guardar se logo vou usar?”, “depois eu arrumo”, entre outras frases são ditas, ou mesmo pensada por esses jovens. Então ele se acostuma a estar no meio da bagunça, da desorganização, da sujeira.

O ambiente reflete quem somos. Também, se chegamos em um lugar que tem um cheiro muito forte, bom ou ruim, no início achamos forte, aos poucos enquanto estamos naquele local, vamos pouco a pouco nos acostumando com aquele cheiro, até quase não o perceber mais. Isso também acontece quando estamos em um ambiente desorganizado e sujo, percebemos no inicio que está daquele modo, depois nos acostumamos a estar no meio da bagunça e sujeira. No passar do tempo, aquilo se torna algo seu, viver daquele modo, nos acostumamos ao ambiente.

Se pararmos para analisarmos, quando chegamos em um lugar sujo, com mal cheiro, escuro, desorganizado, nos sentimos incomodados, depois aceitamos a situação e nos acostumamos. Mas se chegarmos em um lugar limpo, organizado, claro, com flores, nos sentimos imediatamente bem. Se estivermos em um lugar desorganizado, não nos sentimos bem, algumas pessoas nem percebem que não estão se sentindo confortáveis, e depois isso influência em tudo no seu dia, no trabalho, estudo, relações com outras pessoas, etc.

Devemos ter certo cuidado com nós mesmos, a felicidade própria é responsabilidade apenas do indivíduo. Se ele não se ajuda a sentir-se melhor, como espera que tudo dê certo, que ele não fique triste, que se sinta bem? A felicidade não vem do externo, e se ficarmos esperando que outros nos tragam, estamos perdidos.

Todos querem se sentir bem consigo mesmo, encontrar a tão procurada paz, ou a felicidade, mas esquecemos de pequenos gestos que fazem toda a diferença, como a organização do próprio espaço. Faça um experimento: entre em um lugar todo limpo e organizado, com um cheiro bom, flores em um vaso, um lugar calmo e claro, e perceba como se sente. Depois entre em um lugar totalmente oposto ao primeiro, sujo, escuro, com mal cheiro, e perceba novamente como se sente. Não se acostume a estar na desordem, na sujeira.

Não só durante o período de férias, mas sempre, devemos cuidar de quem somos, cuidar de nós mesmos, do nosso espaço, do nosso corpo, para evitar tristezas e incômodos. Podemos começar com tais cuidados no tempo livre das férias, onde possuímos mais tempo para planejar, estruturar a experimentar cuidar de nós. Depois continue cuidando de si, e torne isso um hábito. Comece hoje, não deixe para amanhã.

Comentários