“De jovem para jovem”: Gustavo Fronza – Viagem técnica para a Argentina

  • 19/01/2019
  • comentário(s)

Na AMF são incentivadas viagens técnicas, também aquelas internacionais. Muitos alunos AMF já viajam para o exterior. O incentivo às viagens internacionais está relacionadoaos 5 pilares de formação da AMF, um dos pilares é especificamente “Internacionalidade”. Muitos que vêm para nossa instituição pensam em fazer intercâmbio ou viagens internacionais, por isso separamos alguns depoimentos de viagens internacionais.

Gustavo Fronza é natural da cidade de Cachoeira do Sul, tem 24 anos, é graduando do Bacharelado em Ontopsicologia e está no 6º módulo.

“Logo depois de realizar o intercâmbio para a Itália tive a oportunidade de fazer uma visita técnica, por intermédio da AMF, para a Argentina, mais precisamente em Buenos Aires. Apesar de estar relativamente próximo da capital do país vizinho, nunca havia pensado em conhecer a cidade, sua cultura, então agradeço à faculdade por ter me proporcionado essa experiência.

O intuito foi de conhecer algumas empresas locais e alguns pontos turísticos da região. O mais interessante foi a palestra de uma empresária brasileira que desenvolvia um projeto inovador reconhecido internacionalmente no ramo de alta moda no formato itinerante. Conhecemos a grande estrutura do Puerto Madero e as empresas instaladas no local, a Casa Rosada, palácio secular onde fica a Presidência da Argentina, Bairro La Boca, Caminito, La Bombonera, o Obelisco, Catedral Metropolitana e até fomos em um espetáculo de Tango.

Me surpreendeu como existe influência europeia na arquitetura portenha. Os traços mais trabalhados e detalhados logo lembram claramente uma cidade italiana, por exemplo. Essas construções contrastam com enormes prédios contemporâneos, construídos grande parte a partir da renovação urbano iniciada em 1990 no Puerto Madero.

Enfim, por mais que seja um local próximo, toda vivência fora do nosso local de conforto nos traz uma visão diferente de mundo, o que nos faz crescer e incentiva na busca por coisas novas e qualificadas. Por isso, indico que vale muito a pena se organizar para visitar e apreciar o que Buenos Aires tem a oferecer!”

Comentários