Estudar e trabalhar: Como conciliar as duas coisas?

  • 12/06/2019
  • comentário(s)


É cada vez mais frequente estudar e trabalhar e, por mais difícil que pareça, é possível conciliar as duas coisas. Ao contrário do que muita gente pensa, fazer uma dessas coisas não prejudica o rendimento da outra, pelo contrário, pode ser uma forma de maior dedicação e rendimento. 
A Antonio Meneghetti Faculdade preocupa-se em proporcionar uma formação integral aos seus alunos, por isso, é pautada em 5 pilares, entre eles estão o Estudo e o Trabalho. A maioria dos alunos que estudam na AMF e moram no Recanto Maestro, trabalham ou são estagiários em alguma empresa da região. A teoria fundamenta a prática, mas é a prática que desenvolve a teoria!
Para que você não precise optar entre trabalhar ou estudar, separamos algumas dicas que podem te ajudar a equilibrar essas tarefas que muito compensarão em seu futuro, afinal, ninguém tem tempo, nós criamos o tempo para realizar as coisas:


 

- Tenha prioridades: sim, é possível conciliar trabalho e estudos, mas você não pode “abraçar o mundo com as mãos”, tenha prioridades! É preciso estar sempre focado em seus objetivos, pois estudar e trabalhar são duas atividades que demandam muita responsabilidade. O primeiro passo é definir algumas coisas para organizar como será o estudo: quanto tempo livre eu tenho para estudar nessa semana? Quais são as prioridades de conteúdo? Saiba organizar com inteligência o tempo e as demandas para que se obtenha o máximo de aproveitamento.

- Agenda: agendas nunca saem de moda, elas apenas evoluem! Hoje em dia é possível encontrar não só agendas físicas, como também virtuais! Escolha a que melhor se adapta a você, essa pode ser uma ótima maneira de organizar seus compromissos, reuniões, provas, trabalhos, etc. 

- Elabore um planejamento com horários definidos: após ter uma agenda, preste atenção no tempo que você gasta para realizar suas tarefas, desde o tempo em que demora no banho até o tempo em que leva de casa até o trabalho. Depois disso, ficará mais fácil organizar o tempo que você tem no dia e programar-se para executar cada função. 

- Preste atenção nas aulas: isso pode parecer clichê, mas tem eficácia real. Se você se dedicar em aula, participar e tirar suas dúvidas, ficará muito mais fácil na hora de estudar sozinho em casa.

- Evite distrações: na hora de estudar, pequenas distrações como mexer no celular podem tomar horas do seu tempo. Por isso, no horário que você reservar para estudar, avise sua família ou amigos e desligue os aparelhos eletrônicos. É importante ter um local exclusivo para estudar

- Tempo livre para família e amigos: é muito importante reservar um pouco do seu tempo para a família e amigos, assim você evita que eles se sintam excluídos e também pode ser uma forma de aliviar a cabeça, deixar os problemas do trabalho de lado e dar uma pausa nos estudos.

- Crie uma rotina: você vai perceber que, depois de um tempo, criará uma rotina. Por isso é importante ter feito um bom planejamento, assim terá um maior aproveitamento em suas atividades.

- Sem atividades em excesso: tome cuidado para não extrapolar o tempo e deixar o cansaço vencer. Planeje o seu dia, mas separe alguns minutos para cuidar da sua saúde física e emocional, não se cobre tanto, no começo pode ser difícil, mas com calma tudo pode se resolver.

- Tenha um hobby: a palavra hobby tem origem inglesa que significa passatempo. Separe 15/20 minutos do seu dia para fazer algo que você goste, nada de trabalho ou estudos, apenas um tempo reservado para você, faça algo prazeroso que ajude a diminuir o estresse.

- Não esqueça de cuidar de sua saúde: essa dica pode parecer bobagem, mas quando focamos muito no estudo e no trabalho, acabamos deixando de lado nossa saúde. Isso não significa apenas ir ao médico, mas também cuidar de suas horas de sono e da alimentação, assim, você se sentirá mais disposto para enfrentar os dias. 

Aqui, o trabalho e o estudo andam de mãos dadas, e os alunos, desde os mais jovens, são incentivados a começar a trilhar a própria trajetória profissional, pois é na ação que o ser humano se constrói, se descobre e se realiza. Para quem já trabalha, esse fundamento será assimilado com muito mais facilidade – pois já se entende o valor do trabalho na vida do ser humano – e então as duas atividades, estudo e trabalho, serão complementares e vão, de forma muito interligada, qualificar cada vez mais a vida do sujeito.
Para incentivar seus estudos, a AMF conta com diversos benefícios como bolsas de estudo e descontos, que são um meio de incentivar a autonomia financeira. Aqui temos ProUni e Fies, mas vamos além: a Bolsa Identidade Jovem Inclusiva! O projeto é uma pareceria com a Fundação Antonio Meneghetti (FAM) e oferece bolsas de estudo de até 40% do valor da mensalidade. Também disponibilizamos o Desconto Militar (para militares e parentes de primeiro grau) e o Desconto Sênior (para maiores de 45 anos de idade). Temos ainda o desconto fixo de 7% para os alunos que realizam o pagamento da mensalidade em dia! Para facilitar ainda mais, em parceria com a FAM, a AMF oferece o Benefício ao Transporte do Aluno, que subsidia até 50% do valor do ônibus. Além disso, o ingresso pode ser feito por Vestibular, Transferência e Ingresso Diplomado.

Comentários